diHITT - Notícias Arolde de Oliveira: Maio 2008

sexta-feira, 30 de maio de 2008

TRE-RJ proíbe torpedos, mas aceita blogs

Portaria da Justiça Eleitoral regula propaganda para eleições de outubro


Rio - O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ)divulgou ontem portaria em que estabelece regras para a propaganda de candidatos e partidos durante a campanha eleitoral deste ano. Entre as novidades está a proibição do envio de torpedos, spams e correios de voz não solicitados pelos usuários. Na campanha para as eleições gerais de 2006, esses recursos foram usados para denegrir a imagem de alguns candidatos. A propaganda eleitoral será permitida no período entre o dia 6 de julho até dois dias antes da realização do pleito.


A portaria foi ratificada por representantes de 22 partidos, após reunião com o coordenador estadual da fiscalização da propaganda no Rio, juiz Luiz Márcio Pereira. A medida regula também a propaganda em sites da Internet, determinando que os candidatos utilizem páginas exclusivamente destinadas à campanha eleitoral.

Com a portaria, o conceito de páginas de candidato na internet foi ampliado. Enquanto a legislação eleitoral vigente estabelece que candidatos utilizem páginas exclusivamente destinadas à campanha, a portaria autorizou o uso de blogs e páginas de sites de relacionamento.

MAIOR PREOCUPAÇÃO

A internet é hoje a maior preocupação no que tange à propaganda eleitoral, tendo em vista que ainda é um instrumento novo, com amplitude de utilização e alcance. Necessita, portanto, de um cuidado maior em termos de fiscalização, afirmou o juiz Luiz Márcio Pereira.

O magistrado e os representantes dos partidos também estabeleceram as regras para realização de propaganda em convenções para a escolha dos candidatos.

De acordo com o texto apresentado, as peças de divulgação só serão permitidas em distância superior a 200 metros dos locais das convenções, em municípios com menos de 200 mil habitantes. As cidades com população superior a esse número, a propaganda poderá ser afixada à distância de até 500 metros dos locais das convenções. Em ambos os casos, a propaganda deverá ser retirada no prazo máximo de 24 horas após o término das reuniões.

Rio comemora Dia Mundial Sem Tabaco


A programação de eventos que Prefeitura desenvolve esta semana para conscientizar a população sobre malefícios causados pelo tabagismo terá continuidade amanhã (Dia Mundial Sem Tabaco) e domingo. Estandes serão montados, sábado, no calçadão de Copacabana (em frente à rua Siqueira Campos), e domingo, na Quinta da Boa Vista, para informar a população sobre os pólos municipais de atendimento médico contra o tabagismo. Os fumantes que passarem por esses locais das 9 às 14 horas poderão medir o nível de monóxido de carbono no pulmão e ser examinados por um estomatologista, que diagnosticará possíveis lesões na boca decorrentes do fumo.

A Prefeitura oferece tratamento gratuito contra o tabagismo em 76 unidades da Secretaria Municipal de Saúde, cujos telefones se encontram na internet (www.saude.rio.rj.gov.br). Mais informações podem ser obtidas pelo Tele-Saúde (2273-0846). O Rio Estudos encartado nesta edição apresenta diversas informações sobre o Programa de Controle do Tabagismo, da Secretaria Municipal de Saúde.

(www.rio.rj.gov.br)

STF aprova realização de pesquisas com células-tronco embrionárias

O STF (Supremo Tribunal Federal) aprovou nesta quinta-feira (29) as pesquisas com células-tronco embrionárias no país. O Supremo rejeitou uma ação direta de inconstitucionalidade contra o artigo 5º artigo da Lei de Biossegurança que permite a utilização, em pesquisas, dessas células fertilizadas in vitro e não utilizadas.

Seis ministros do tribunal votaram a favor das pesquisas. Outros cinco sugeriram mudanças na lei. Anteriormente, o voto do ministro Cezar Peluso havia sido contabilizado pelo Supremo como favorável às pesquisas, mas a informação foi retificada e o ministro foi classificado no grupo dos que pediram alterações na lei.

A ação foi proposta em 2005 pelo então procurador-geral da República, Cláudio Fonteles, que defende que o embrião pode ser considerado vida humana. O STF não chegou a proibir as pesquisas com células-tronco embrionárias, mas muitos pesquisadores ficaram receosos em continuar com os estudos, em razão do impasse jurídico.

As células-tronco embrionárias são consideradas esperança de cura para algumas das doenças mais mortais, porque podem se converter em praticamente todos os tecidos do corpo humano. Entretanto, o método de sua obtenção é polêmico, porque a maioria das técnicas implementadas nessa área exigem a destruição do embrião.








No fim da tarde desta quinta, durante o julgamento sobre células-tronco, cadeirantes já comemoravam em Brasília

(Matéria e foto - Folha de São Paulo)

quinta-feira, 29 de maio de 2008

Presidente da OAB/RJ é contra prorrogar concessões dos ônibus

Durante 1° Encontro da OAB/RJ sobre Legislação de Trânsito e sua Eficácia, realizado nesta terça-feira, dia 27, o presidente da entidade, Wadih Damous, criticou duramente a proposta que prorroga por 10 anos as atuais concessões das linhas de ônibus municipais. A proposta, que se encontra em negociação na Câmara Municipal, é um "descalabro" na opinião do presidente da Ordem. "Espero que a prorrogação da concessão não ocorra. Se ocorrer, será um descalabro. Quando a discussão sobre transportes na Câmara Municipal começa com prorrogação de licença, é porque alguma coisa está errada", afirmou.
Wadih também criticou as empresas de ônibus municipais pela baixa qualidade do serviço oferecido e cobrou da prefeitura maior rigor na fiscalização e na aplicação das leis de Trânsito. "É preciso um conjunto de medidas para mudar esse quadro caótico. O Rio e outras capitais batem recordes mundiais de mortes, de vítimas com lesões permanentes. Isso faz de nosso país um dos mais violentos do mundo, independentemente dos índices de criminalidade. É preciso aplicar as leis", disse.
No seminário, que teve a participação de autoridades do setor de transportes, empresários e técnicos, o secretário de Transportes do Município do Rio, Arolde de Oliveira, admitiu ontem que, da forma como está, o serviço das empresas de ônibus está "abaixo do satisfatório". Segundo Arolde, tal conceito foi tirado com base em pesquisas.
O secretário anunciou ainda que o prefeito Cesar Maia vai vetar qualquer projeto de lei que prorrogue a concessão das linhas de ônibus. "Não vamos interferir nas discussões em curso no Poder Legislativo. A interferência é que, se a Câmara aprovar a lei, o prefeito veta". (Tribuna do Advogado com informações do Jornal do Brasil).

quarta-feira, 28 de maio de 2008

Projeto de implementação de Transporte Solidário em estudos pela Prefeitura


RIO - A Prefeitura do Rio quer estimular a carona e o uso do transporte solidário. O secretário municipal de Transportes, Arolde de Oliveira, disse nesta terça-feira no “1º Encontro da OAB-RJ sobre Legislação de Trânsito e sua eficácia” que a Prefeitura estuda implementar no Rio projetos como o Transporte Solidário para melhorar o trânsito da cidade.
O secretário negou que a Prefeitura tenha a intenção de aplicar o sistema de rodízio de placas ou restringir horários, locais ou número de passageiros que possam trafegar pelas ruas do Rio.
- Isso seria uma ofensa ao direito de ir e vir do cidadão. O que há é um projeto de se criar uma faixa seletiva destinada ao transporte solidário, como já é feito em diversas grandes cidades do mundo - explicou.
A proposta do transporte solidário é fazer com que grupos se organizem para partilhar o mesmo carro, sem fins lucrativos. Caso implementado, o tráfego nas faixas seletivas poderá ser fiscalizado com radar, fotos e câmeras, para que o conceito não seja burlado.

"Transporte público não dá voto", afirma especialista

Para o professor da Universidade de Brasília Joaquim Aragão, transporte coletivo só entra na agenda do poder público quando está ligado à realização de obras e secretário de transportes é cargo que se dá a "inimigo político". Docente do mestrado em transportes da UnB, Aragão foi um dos convidados de audiência pública na Câmara dos Deputados que discutiu, no final do mês passado, soluções para o trânsito nas metrópoles.
"O transporte coletivo está fora da agenda do governo federal, que há mais de uma década deixou de colocar as cidades na pauta, assim como os governos locais",afirmou. Segundo ele, o tema só é contemplado "quando há emergência de problemas de engarrafamento". Outra motivação para colocar o assunto em pauta, em sua opinião, seriam as obras viárias. "Só que viadutos, pontes, têm mais efeito como obras do que para o transporte."
No encontro, o professor defendeu a abertura do mercado de transporte urbano a empresas internacionais, pequenos empreendedores e investidores de fora do setor. "Não dá pra investir mantendo os mesmos operadores que estão aí", argumentou.
O especialista não poupou críticas às empresas de ônibus. Ele acredita que elas forçam uma renovação de frota que seria "inútil". "Poderiam investir em manutenção", justificou. "Mas priorizam o investimento em capital. Porta do lado esquerdo? Ônibus biarticulado? Piso rebaixado? Não, é complicação demais. Elas preferem simplificar os carros para depois poderem revender para outros países da América Latina." (Extraído do noticiário UOL, 26.5)

terça-feira, 27 de maio de 2008

Legislação de Trânsito hoje na OAB/RJ

A Comissão Especial de Trânsito da OAB/RJ promove hoje (27) o I Encontro sobre Legislação de Trânsito e sua eficácia, à partir das 14h, no Plenário Evandro Lins e Silva, à Avenida Marechal Câmara 150, no Castelo, Centro do Rio. Mais informações: (21) 2272-2001.
Na programação estão previstas palestras com os secretários estadual e municipal de Transporte, Julio Lopes e Arolde de Oliveira. Às 15h45, o tema "A Multa Eletrônica - Segurança no Trânsito ou Necessidade de Arrecadação" terá como
palestrante o Secretário Municipal de Transporte/RJ. Às 16h30 "A Importância do Transporte Público nas Grandes Cidades" terá Julio Lopes, o Secretário Estadual de Transporte/RJ, como conferencista.
O vice-presidente da instituição Lauro Schuch falará sobre “O Direito ao Trânsito Seguro e a Responsabilidade Civil”. A programação completa está no site da OAB/RJ. (27.5)

quarta-feira, 21 de maio de 2008

Gospel lidera Ibope das rádios Fm no Rio

Em abril passado, o Ibope das rádios FM do Rio de Janeiro trouxe uma informação interessante. Das cinco primeiras colocadas, duas veiculam conteúdo gospel. Foram pesquisadas 21 rádios e o resultado foi o seguinte: O Dia FM, Melodia FM (gospel), 93 FM (gospel), 98 FM e Nativa FM.
Segundo o Ibope, das 5 da manhã em diante (em 24 horas de programação), a O Dia FM teve, em abril passado, 195 mil ouvintes por minuto, a Melodia FM, 125 mil/minuto e a 93 FM, 95 mil/minuto.
O segmento gospel é promissor. A gravadora Sony DADC baseou seus planejamento em números animadores do setor. Segundo ela, a indústria de produtos e serviços para cristãos movimenta por ano mais de R$ 1 bilhão, num país com mais de 30 milhões de evangélicos. Segundo a empresa, a projeção é de que essa população aumente para 50 milhões até 2020.
No mercado fonográfico, segundo a Associação Brasileira de Produtores de Discos (ABPD), a música gospel nacional ocupa a segunda colocação entre os gêneros musicais campeões em venda, atrás somente do pop-rock.
Em todo o Brasil existem mais de 200 mil igrejas evangélicas. A cada ano surgem cerca de 10 mil novos templos e 300 mil pastores e líderes, além de aproximadamente 500 escolas de ensino teológico.

Ônibus gratuito até a Cidade das Crianças


Para facilitar o acesso à Cidade das Crianças Leonel Brizola, a Secretaria Municipal de Transportes criou, hoje, a linha de ônibus Santa Cruz X Cidade das Crianças, que circulará sem cobrança de tarifa e em caráter experimental até 31 de dezembro. Será um serviço extraordinário da linha 825B Campo Grande X Jesuítas (via Santa Cruz).

O novo serviço de ônibus funcionará aos sábados, domingos e feriados, das 8 às 17 horas, a partir do dia 31 deste mês. A linha utilizará dois veículos do tipo micrônibus urbano. A Cidade das Crianças Leonel Brizola é um amplo parque de lazer, esporte e cultura que a Prefeitura mantém na Rodovia Rio-Santos km1, Santa Cruz. Veja os itinerários de ida e de volta a ser praticado:


IDA: Rua Dom João VI; Rua Senador Câmara; Pça. do Gado; Av. Padre Guilherme Decaminada; Av. Brasil, retorno à esquerda, Av. Brasil, via de acesso à Cidade das Crianças e Cidade das Crianças. Extensão: 7,4 Km;


VOLTA: Cidade das Crianças; via de acesso a Cidade das Crianças; Av. Brasil; primeiro retorno à esquerda, Av. Brasil; Av. Padre Guilherme Decaminada; Pça. do Gado; Rua do Prado; Rua do Império; Rua Medeiros e Rua Dom D. João VI. Extensão: 6,3 Km.

terça-feira, 20 de maio de 2008

O parlamento português aprova acordo ortográfico

O parlamento português aprovou ontem o acordo ortográfico da língua
portuguesa já ratificado por Brasil, Cabo Verde e São Tomé e
Príncipe.
Em tese, mesmo sem a aprovação de Portugal, as novas normas já
estariam em vigor no Brasil, porque para isso bastam as assinaturas de três países da CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa).
A implantação da reforma ortográfica, porém, estava sendo adiada
devido à não-adesão de Portugal. Agora, o país europeu estabeleceu um prazo de seis anos para a adaptação de livros e provas de concurso público, entre outros.
O acordo foi firmado em 1990. Em 1995, o Congresso brasileiro o
aprovou. Agora, a implantação definitiva depende só de um decreto do
presidente Lula, ainda sem data.
O MEC (Ministério da Educação) informou, via assessoria de imprensa,
que, na semana que vem, o ministro Fernando Haddad irá procurar o seu par no governo português para definir um cronograma conjunto.
No Brasil, porém, o prazo de adaptação será mais curto. Recentemente, o MEC determinou que, em 2010, os livros didáticos de escolas públicas já terão de estar adaptados. As editoras podem começar a mudança já no ano que vem. O ministério irá definir também um cronograma para a implantação das novas regras em outros suportes, como livros de literatura e dicionários.Entre as novas regras, estão o fim do trema, do acento agudo nos ditongos abertos "ei" e "oi" em palavras paroxítonas, como "idéia" e "jibóia", e do acento diferencial para distinguir o verbo "pára" da preposição "para". Também deixarão de existir consoantes mudas ainda usadas em Portugal ("óptimo").
A reforma causou polêmica em Portugal. Nesta semana, um abaixo-assinado contrário a ela obteve 33 mil adesões.
Um dos motivos para que Portugal demorasse a aprovar o acordo, que é de 1990, foi a pressão das editoras nacionais, que tinham medo de perder mercado para as brasileiras. (Extraído do Folha Online, 20/5)

O que muda, afinal?

O alfabeto português passará de 23 para 26 letras, com a inclusão em
definitivo do k (capa ou cá), do w (dáblio, dâblio ou duplo vê), y
(ípsilon ou i grego).
O uso de maiúsculas e minúsculas obdece a novas regras:
1. os meses do ano e os pontos cardeais deverão ser escritos em
minúsculas (janeiro, fevereiro e norte, sul, etc.).
2. poder-se-á usar maiúsculas ou minúsculas em títulos de
livros, no entanto a primeira palavra será sempre maiúscula (Insustentável Leveza do Ser ou Insustentável leveza do ser)
3. também é permitida dupla grafia em expressões de tratamento
(Exmo. Sr. ou exmo. sr.) em sítios públicos e edifícios (Praça da
República ou praça da república) e em nomes de disciplinas ou campos
do saber (História ou história, Português ou português)
A supressão de consoantes mudas tal como o nome indica, vai levar ao
desaparecimento de consoantes, em que o critério para tal é a sua pronúncia.
1. cc - ex.: transacionado, lecionar. Mantém-se em friccionar,
perfeccionismo, por se articular a consoante.
2. cç - ação, ereção, reação. Mantém-se em fricção, sucção.
3. ct - ato, atual, teto, projeto. Mantém-se em facto, bactéria,
octogonal.
4. pc - percecionar, anticoncecional. Mantém-se em núpcias,
opcional.
5. pç - adoção, conceção. Mantém-se em corrupção, opção.
6. pt - Egito, batismo. Mantém-se em inapto, eucalipto.
Passam a ser suprimidos alguns acentos gráfico em palavras graves:
crêem, vêem, lêem passam a creem, veem e leem; pára, pêra, pêlo, pólo
passam a para, pera, pelo e polo. As palavras acentuadas no ditongo
oi e ei passam a ser escritas sem acento: estoico, paleozoico, asteroide e boleia, plateia, ideia. Existe também a supressão completa do trema(¨): aguentar (e não agüentar), frequente (e não freqüente),
linguiça (e não lingüiça). Supressão do acento circunflexo em
abençoo, voo, enjoo.
O uso do hífen vai ser suprimido em:
1. palavras compostas em que o prefixo termina em vogal e o
sufixo começa em r ou s, dobrando essa consoante: cosseno,
ultrassons,ultrarrápido.
2. o prefixo termina em vogal diferente da incial do sufixo:
extraescolar, autoestrada, intraósseo.
3. formas monossilábicas do presente do indicativo do verbo
haver: hei de, hás de.
O hífen emprega-se em:
1. palavras compostas onde a última vogal do prefixo coincide
com a inicial do sufixo, excepto o prefixo co- que se algutina ao sufixo iniciado por o: contra-almirante, micro-organismo, coobrigação.
2. palavras que designam espécies da Biologia ou Zoologia:
águia-real, couve-flor, cobra-capelo.
Pode existir dupla grafia em algumas palavras?
Sim. Isso está previsto no novo acordo por existirem diferenças na
pronúncia de país para país assim temos:
característica caraterística intersecção interseção
infeccioso infecioso facto fato olfacto olfato
conceção concepção súbdito súdito amnistia anistia amígdala amídala
súbtil sútil académico acadêmico ingénuo ingênuo sénior sênior
cómico cômico vómito vômito fémur fêmur abdómen abdômen bónus bônus
bebé bebê puré purê judo judô metro metrô andámos andamos
(Extraído do Folha Online, 20.05)

Sistema LAP - Leitura Automática de Placas



O Deputado Arolde de Oliveira com o Dr. Jason Woo - Presidente da IBO Tech

O Secretário Municipal de Transportes, Arolde de Oliveira recebeu hoje, dia 20/05, uma comitiva de chineses que vieram apresentar o Sistema LAP - Leitura Automática de Placas - juntamente com um chip de rádio-frequência, para fiscalização eletrônica.
Depois da apresentação, o grupo marcou para próxima semana novo encontro com o Secretário Arolde onde fará demonstração do equipamento.

segunda-feira, 19 de maio de 2008

Vistoria facilita a vida de taxista



O secretário municipal de Transportes, Arolde de Oliveira, participou na manhã desta segunda-feira, 19, da demonstração de uma vistoria única que passa ser feita pelo Detran-Rio, na frota composta pelos 32 mil táxis do sistema municipal. Essa vistoria física e dos itens de padronização( cor do veículo e equipamentos obrigatórios), que antes era realizada na SMTR, passa agora para a esfera do Detran. Segundo Arolde, a medida é para facilitar a vida do taxista que não precisará mais
submeter seu veículos a duas vistorias.

O secretário participou da demonstração da inspeção, no posto do Detran na Rua Santa Luzia, ao lado do presidente do órgão, Antonio Francisco Neto, do subsecretário municipal de
Transportes, Dalny Sucasas e do coordenador de Licenciamento e Fiscalização, Júlio Ulhman. Representantes de cooperativas de táxis compareceram ao evento.

Arolde de Oliveira explicou que, após essa inspeção técnica, os taxistas, empresas e cooperativas devem comparecer às dez coordeandorias regionais de Transportes da SMTR, a partir de 1º de julho, para atualizar o seu cadastro.

Mercado de celular no Brasil em movimento

O mercado celular brasileiro está sendo impulsionado pela competição entre as operadoras.A Oi que antes não atuava em São Paulo está buscando o mercado agressivamente. Já a Vivo passou a atuar no Nordeste. As outras empresas que já atuam nessas regiões, aceleraram a captação de clientes, antecipando-se as investidas dos concorrentes.O crescimento também se deve à venda de chips, que sai mais em conta para os clientes que a recarga (linha pré-paga). (Luiz Victor Werneck Borelli, 19.05)

Seis terminais rodoviários reformados



A Secretaria municipal de Transportes (SMTR) e a RioÔnibus estão reformando os 25 terminais rodoviários da cidade do Rio e seis já foram entregues à população: o Alvorada, o do Cosme Velho, dois no Méier, um na Usina e o Terminal Rodoviário Padre Henrique Otte que fica atrás da Rodoviária Novo Rio.
O Secretário Arolde de Oliveira foi entrevistado pelo telejornal RJ – TV sobre a fiscalização e a manutenção dos terminais rodoviários do Rio.
Ele informou que existe uma comissão de fiscalização da SMTR que acompanha simultaneamente as obras de recuperação e depois a manutenção, de responsabilidade da RioÔnibus. O Presidente da empresa Otacílio Rodrigues também foi entrevistado.
Arolde explicou que os telefones de Ouvidorias, o e-mail do Prefeito, o seu e-mail estão permanentemente à disposição para críticas e sugestões. Como resultado dessa interação, até o final do ano, todos os 25 terminais estarão recuperados.
A reforma e a manutenção dos terminais é resultado da política para aprimorar a qualidade dos serviços prestados à população do Rio. Os terminais são um equipamento essencial para que isso realmente ocorra.
Os próximos a serem inaugurados serão o da Misericórdia, na Praça XV, e o Américo Fontenelle, da Central do Brasil. Como os demais são pequenos, as obras serão menores e a previsão é que estejam todos prontos até o final desse ano. (Extraído da entrevista ao telejornal RJ-TV, da Rede Globo)

quinta-feira, 15 de maio de 2008

Sintomas de uma inflação ascendente

Estamos num caminho que aponta uma trajetória ascendente de inflação.
O mundo todo experimenta aumentos consistentes nos preços dos alimentos, do petróleo, dos minérios e das commodities. Alegam que isso é devido aos custos da inclusão de novos consumidores.
No Brasil, no momento, estamos com uma inflação em alta, com a alimentação responsável por mais de 70% do resultado geral do IGPS. A alta dos preços dos alimentos deve continuar, mesmo que a restrição à oferta se resolva, o problema não desaparecerá.
A classe C (de 1 a 2,5 salários mínimos) é a principal prejudicada, já que a alimentação corresponde a 40% do seu orçamento. O Governo não demonstra atacar nenhum dos seus três grandes nós: câmbio valorizado, deficiências de infra-estrutura/logística e alta carga tributária.
Qualquer modificação depende do jogo político, sem possibilidades de alteração a curto prazo. (Luiz Victor Werneck Borelli, 15/5)

quarta-feira, 14 de maio de 2008

TI Verde, Tecnologia da Informática aliada ao Verde

O bom senso não tem sido uma virtude coletiva da humanidade. O Aquecimento Global, a destruição das florestas tropicais, o esgotamento das fontes de água potável e os problemas decorrentes da poluição, são exemplos da baixa capacidade de respostas de governos e países aos maiores desafios à sobrevivência do ser humano.
Em sentido mais amplo, o que tem faltado é planejamento, visão de longo prazo e a consciência do uso adequado dos recursos.
Uma reação positiva, no entanto, parece estar chegando ao setor de tecnologia de informação (TI) com a chamada TI Verde, também chamada computação verde. Seus objetivos básicos são: reduzir o consumo de energia dos equipamentos eletrônicos, baixar as emissões de carbono no processo da fabricação, evitar a contaminação do meio ambiente com materiais altamente poluentes e assegurar a sustentabilidade da infra-estrutura da informática e telecomunicações.
Em eletrônica um dos aspectos essenciais é o da reutilização de aparelhos por escolas e entidades filantrópicas com a reciclagem e o recondicionamento de equipamentos de áudio, vídeo, computadores e celulares, e toda a parafernália digital de nossos dias.
Numa versão recente, esses sistemas de TI verde levam em conta, também,três grandes aspectos: o homem, o planeta e a continuidade das atividades humanas. (Luiz Victor Wernek Borelli, 14.5)

Marina Silva pede demissão do Ministério do Meio Ambiente


A organização ambientalista Greenpeace classificou como um "desastre" o pedido de demissão da ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, entregue nesta terça-feira (13) ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Para a organização, o fato mostra uma mudança de postura do governo em relação à questão ambiental."Nossa opinião é que isso [o pedido de demissão] é a prova cabal e derradeira das reais intenções do governo Lula em relação a essa questão.

O meio ambiente, a questão da Amazônia, perdeu seu anjo da guarda, a única voz no governo que ainda defendia a prudência, o
juízo, em relação às questões ambientais", afirma Sergio Leitão, diretor de políticas públicas do Greenpeace, à Folha Online.

Ele aponta como um exemplo disso o fato de Lula ter entregue a coordenação do comitê gestor do PAS (Plano Amazônia Sustentável) ao ministro extraordinário de Assuntos Estratégicos, Mangabeira Unger, que, na visão do Greenpeace, não tem tradição na luta pela defesa do ambiente.

Na visão do Greenpeace, o fato de Marina ter sido --ao lado de Antônio Palocci-- a primeira ministra confirmada por Lula, em 2002, era uma demonstração da importância que o governo queria dar às questões ambientais, o que acabou não ocorrendo. "É um compromisso que foi completamente esquecido", diz o diretor da organização.

Confronto

Marina também entrando em conflitos com outros ministérios, como a Casa Civil e a Agricultura, em casos e questões que opõem proteção ambiental a interesses econômicos.

Marina também enfrentou problemas com os servidores do Ibama, insatisfeitos com a divisão do órgão e com a criação do Instituto Chico Mendes. Para protestar contra a criação do órgão, os servidores do Ibama fizeram uma greve, que foi criticada publicamente pelo presidente Lula.

"Sabíamos da dificuldade que ela vinha enfrentando, remando contra a maré diariamente ao tentar mostrar que a questão ambiental não é uma pedra no sapato no caminho do desenvolvimento", afirma o diretor do Greenpeace.

Segundo Leitão, a saída de Marina é "a tradução do que o governo quer fazer com a área ambiental". "Independente de quem seja escolhido [para a sucessão], assumirá diante desse patamar de decisão, de que a questão ambiental deve ser afastada. É um sinal de que a questão ambiental não deve ser levada em consideração', afirma.

Especialistas

Para Pedro Roberto Jacob, professor titular da Faculdade de Educação e do Programa de Pós-Graduação em Ciência Ambiental da Universidade de São Paulo (Procam-USP), Marina Silva "foi muito generosa em permanecer até agora". "Pelo visto, chegou no limite dela. Ela foi quase que maltratada pelos próprios atores de governo." Jacob opina que "provavelmente seu sucessor não terá o carisma e história de militância que ela tem".
Segundo o especialista em recursos hídricos Sérgio Kóide, do Departamento de Engenharia Civil e Ambiental da UnB (Universidade de Brasília), "dependendo de quem a substitua, a questão [ambiental] vai piorar no país".

"Ela já vinha tentando segurar as coisas desde a aquela polêmica dos
transgênicos. Sempre teve posições boas, mas sem força." (Folha Online)

sexta-feira, 9 de maio de 2008

Saudação pelo "Dia das Mães"


Prezado amigo (a),
Neste dia gostaria de expressar minha admiração e apreço por todas as mulheres que exercem o nobre papel da maternidade, dedicando grande parte de seu tempo, devoção, energia e compreensão para fazer de seus filhos homens e mulheres de Deus e cidadãos de bem.
Parabéns a todas as mães do Brasil.
Meus sinceros votos de comunhão em família.
Deputado Federal Arolde de Oliveira

No congresso dos pastores batistas fluminenses


Deputado Arolde de Oliveira entre os pastores José Maria (à direita) e Luis Antonio. Ao lado dele, o Pr.Farizel.


Deputado Arolde de Oliveira com o pastor José Maria Presidente da Ordem dos Pastores

A Ordem dos Pastores Batistas Fluminenses está realizando o congresso “Pastor, homem segundo o coração de Deus.”
O Deputado Federal Arolde de Oliveira participou do culto de 4ª feira, no Acampamento Batista em Rio Bonito, onde estão reunidos 634 pastores das igrejas fluminenses.

O presidente da Ordem dos Pastores Pr. José Maria de Souza, da PIB de São João de Meriti, agradeceu o apoio de Arolde de Oliveira às iniciativas dos pastores fluminenses, não só nesse congresso.
A noite de 4ª feira teve como pregador o Pr. Fernando Brandão, da Junta de Missões Nacionais.

Arolde e os “papagaios de pirata”




A turma que fica atrás de qualquer entrevistado dos telejornais já faz parte do folclore do Rio de Janeiro. Na gravação da entrevista para o RJ-TV, da Rede Globo, sobre a restrição aos caminhões em ruas da cidade, o Secretário municipal de Transportes também teve esses “ajudantes” presentes, conhecidos como “papagaios de pirata”. Arolde resolveu trazê-los para o primeiro plano da foto.

quinta-feira, 8 de maio de 2008

Luz Amarela para a Internet

Segundo a previsão de alguns estudiosos, a Internet poderá entrar em colapso em 2010. Uma massa crescente de downloads e os novos conteúdos de imagens que circulam na mesma, trazem o risco de um congestionamento gigantesco.
Outro fator de risco é a TV digital, pois com ela milhões de clippings de vídeos de alta definição serão postados na web exigindo de 7 a 10 vezes mais banda de frequência, do que os atuais.
A médio prazo tudo tende a se agravar. A demanda por banda larga requerida pelos novos serviços, em 2015, será 50 vezes maior do quem em 2010.
Países como Brasil, Rússia, Índia e China (os BRIC) terão mais de 400 milhões de pessoas conectadas nos próximos dois anos.
A única solução para evitar o congestionamento total da rede mundal, segundo um alto executivo da AT&T será investir cerca de US$ 130 bilhões, na infra-estrutura, pois a atual arquitetura deverá atingir o limite da sua capacidade muito em breve.
Entre os especialistas, o gráu de preocupação varia mas são raros os que vêem o futuro com otimismo.
Resta crer que depois de um alerta tão dramático, o mundo talvez acorde a tempo e evite o pior em 2010, fazendo os investimentos necessários para evitar o colapso. (Luiz Victor Werneck Borelli, 8/5)

quarta-feira, 7 de maio de 2008

Festas Beneficentes no Primeiro de Maio




O Deputado Federal Arolde de Oliveira participou de festas beneficentes evangélicas no Primeiro de Maio. A da Cidade Batista, da Convenção Carioca, e do Instituto Ana Gonzaga, da Igreja Metodista, essas duas em Campo Grande, zona oeste do Rio.
Arolde de Oliveira considera as iniciativas importantes, do ponto de vista social. Toda a renda obtida com produtos da MK é revertida para as instituições. Ele considera a ocasião oportuna para a ação de graças pelas obras sociais evangélicas do Rio de Janeiro.
Segundo Arolde, os eventos têm cunho social daí que os valores arrecadados são encaminhados às instituições.
As festas contam com a participação da MK e da Rádio 93 FM. (Fotos de Samuel Santos)

Culto da 93 FM visita a AD de Bangu




O culto de maio da rádio 93 FM foi realizado na Assembléia de Deus de Bangu (Pr. Dirceu Benedito de Paula), na zona Oeste do Rio, e teve como pregador o Pr. Marcos Gregório do Ministério Apascentar de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. O Deputado Federal Arolde de Oliveira saudou os presentes. Ele recebeu do Pr. Dirceu de Paula o livro da história da igreja Assembléia de Deus de Bangu. Os cantores Alex Gonzaga, Rayssa & Ravel, Únção Ágape apresentaram-se durante a cerimônia. Nas fotos de Samuel Santos, o Deputado Arolde de Oliveira, o Pr. Dirceu de Paula e a missionária Teresinha))

terça-feira, 6 de maio de 2008

Integração ônibus-metrô Del Castilho-Barra

A Prefeitura autorizou o funcionamento da linha expressa de integração ônibus-metrô entre Del Castilho e a Barra da Tijuca, que deverá circular dentro de 30 dias oferecendo opção de transporte público entre as zonas Norte e Oeste.
A nova linha regular terá ponto de integração na estação do metrô Del Castilho, junto ao Shopping Nova América, indo até o Terminal Alvorada, na Barra.
Conforme decreto publicado hoje, a linha expressa terá frota de ônibus urbanos com ar condicionado circulando de segunda a sábado, das 5 às 24 horas, e nos domingos e feriados das 7 às 23 horas. Os intervalos máximos entre os ônibus deverão ser de 15 minutos. Haverá dois itinerários: o padrão, direto pela Linha Amarela, e o especial, que passará pelo Engenho de Dentro para atender à demanda do Estádio Olímpico João Havelange. (Portal da Prefeitura, 5/5).

Começa nesta terça-feira na sede do Ipem-RJ a aferição de taxímetros

Rio - Começa nesta terça-feira na sede do Instituto de Pesos e Medidas (Ipem-RJ), R. Padre Manoel de Nóbrega 539, em Piedade, a aferição de taxímetros. Motoristas devem marcar a inspeção, que vai até agosto, pelo telefone 2299-8030, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

Veículos com placas finais 01, 11, 02 e 12 realizam a vistoria desta terça até quinta-feira. Os taxistas devem levar a Guia de Recolhimento da União, no valor de R$ 30, paga; o certificado do taxímetro do ano passado; o cartão de identidade da Subtu; a cópia do DUT; o certificado do kit-gás (GNV) e a tabela do aumento concedido pela prefeitura, que ficará retida no órgão.

segunda-feira, 5 de maio de 2008

Número de ônibus no corredor Zona Sul-Centro diminuirá

Prefeito confirma licitação para junho e garante redução de 50% na frota
O prefeito Cesar Maia garantiu que reduzirá pelo menos à metade o número de ônibus que engarrafam as vias da Zona Sul. Cesar confirmou ontem, em seu ex-blog, que o edital da licitação das linhas de coletivos municipais sairá em um mês. “Realmente o número de ônibus no corredor Zona Sul-Centro será reduzido. Não se tem a proporção ainda, mas será uma redução em torno de 50%”, escreveu. Cesar Maia também quer ampliar as integrações com o trem e o metrô na Zona Norte, a partir das já existentes.Vencerá a empresa que apresentar a tarifa mais baixa, já embutido o custo das gratuidades, e não quem propuser a maior receita para a prefeitura. “Ganha a viação que oferecer mais vantagens para o passageiro”, explicou Cesar. O prefeito admitiu, porém, dividir a licitação em duas etapas. (Extraído de O Dia Online, 5/5)

Sem caminhões, trânsito do Rio melhora 20%

O Secretário municipal de Transportes Arolde de Oliveira fez um balanço da primeira manhã da restrição à circulação de caminhões e da carga e descarga até às 10 da manhã, nas zonas Sul, Norte (parte) e Oeste do Rio. A entrevista foi ao ar no RJ TV, primeira edição. Arolde disse que o aumento de fluidez verificada no tráfego foi de 20%.
Segundo ele, o Decreto nº 29.231que entrou em vigor veio regulamentar uma série de leis já existentes.
O decreto proíbe a circulação de caminhões e as operações de carga e descarga nos horários de 6 h às 10 h e das 17 h às 20 h nos dias úteis, no interior da área delimitada pela orla marítima, o que inclui os bairros da zona Sul e Oeste, da cidade.
Hoje a Guarda Municipal distribuiu informações aos motoristas, que alegaram desconhecer o decreto. Foram aplicadas 200 multas. (Thereza Christina Jorge para o site www.aroldedeoliveira.com.br, 5/5/2008)