diHITT - Notícias Arolde de Oliveira: Março 2010

quarta-feira, 31 de março de 2010

Deputado Arolde faz pronunciamento sobre os Candidatos "fichas-sujas"


Ontem (31) O Deputado Federal Arolde de Oliveira fez um pronunciamento na Câmara sobre os Candidatos "fichas-sujas":

O compromisso do Presidente da Casa de colocar em pauta a votação da lei de iniciativa popular contra candidaturas de fichas-sujas, reacende a esperança da nação brasileira de ver um avanço na moralização da composição do Congresso Nacional. A comissão instituída para emitir parecer sobre a matéria concluiu seus trabalhos, ajustando o texto proposto de modo a compor uma maioria para sua aprovação em plenário, sem afetar a essência do projeto original.
A votação e aprovação desse projeto tem um significado que vai muito além do seu oportuno conteúdo, senão vejamos:
- Repõe o Congresso Nacional, como representante do povo brasileiro (Câmara) e dos Estados da Federação (Senado), nas suas atribuições de produzir leis sintonizadas com os anseios nacionais, coisa que muito raramente tem ocorrido por longos anos.
- Retoma do Poder Judiciário o hábito de legislar em matéria eleitoral, quando interpreta que há omissão do Poder Legislativo pelo simples desejo de modificar ou acrescentar dispositivos às leis e regulamentações vigentes.
- Fortalece a importância da participação popular no processo legislativo, exercitando um dos aspectos mais positivos da Constituição de 1988.
- Dá um importante passo na direção de uma reforma político-eleitoral que o povo brasileiro tanto aspira.
- Cria uma oportunidade ímpar no processo de votação nominal, pois trata-se de Lei Complementar, para o povo brasileiro conferir o posicionamento de seus representantes na Câmara dos Deputados.

Com essas breves considerações, resta-me cumprimentar o posicionamento do Presidente Michel Temer, o trabalho da Comissão e a habilidade e a competência do relator deputado Índio da Costa.

Junto com a Nação brasileira, tenho a esperança de que esta lei seja votada na próxima semana, conforme está programado.

Muito Obrigado!
(Redação)

sexta-feira, 26 de março de 2010

Marcelo Amendoin, de ambulante a vereador


É sempre um prazer receber no meu gabinete o vereador Marcelo Amendoim, na foto, à direita, um exemplo para todos os cidadãos de bem que desejam entrar na política e ser bem sucedidos.
Antes da eleição, Marcel Amendoim era ambulante, vendedor de amendoim, e por sua liderança, capacidade e carisma, elegeu-se vereador da segunda maior cidade do Estado do Rio de Janeiro. Tive prazer de recebê-lo também por ser meu irmão em Cristo, da Assembléia de Deus de Alcântara. Deputado Arolde de Oliveira

quarta-feira, 24 de março de 2010

Crônica de Yvelise de Oliveira


A morte entrou pela porta e sentou na minha sala

Dona Morte entrou pela porta da minha casa e se instalou confortavelmente em algum dos meus sofás.

"Essa senhora sinistra" começou com o meu jardim.

A casa foi feita para o jardim. Toda cercada de flores coloridas, as singelas "Marias sem vergonha" abraçavam tudo como em um buquê. Por dentro da casa e pelo lado de fora junto dos muros o colorido das flores, na rua, aconchegavam a frondosa amendoeira em um abraço carinhoso em frente à casa.

Mas as plantas foram morrendo sem motivo e o jardim todo florido foi ficando sem vida e sem cor...

Se foi o sol, o calor, muita água, o jardineiro mesmo não sabia dizer... Mas lutei. Comprei terra adubada e centenas de mudas de "Maria sem vergonha", lilases, grama inglesa. Enfim, plantei tudo de novo, mas o jardim nunca mais foi o mesmo. Minhas orquídeas morreram aos montes no orquidário branco que fiz para cuidá-las. Amo plantas.

Indo mais fundo, Dona Morte matou minha gata Sara. A porta foi esquecida aberta e ela pulou para a casa da vizinha ? morreu na hora. Os cachorros quebraram seu frágil pescocinho.

Lamentei por dias sua morte e chorei sentida a sua falta.

Mas a gente não sabe o futuro e esperei sempre que tudo fosse melhorar.

Sem doença, sem nada, a mãe do meu marido, D. Margarida, morreu. Uma morte serena. Dormiu e não acordou. Sua jornada tinha acabado.

Foi uma tristeza grande. O consolo ficou apenas na suavidade com que Dona Morte agiu.

Assim que a gente começa a respirar mais aliviado, o consolo vem vindo, porque minha sogra viveu 91 anos, jovial e saudável.

Nesse ano que passou nós a vencemos quando meu marido teve um câncer e pensei que iria perdê-lo. Mas a mesma fé que o curou completamente não consegui tirar o medo que veio morar dentro de mim.

Logo eu, tão segura, tão confiante, tão cheia de planos, passei a temer o confronto com ela: a "Sinistra Senhora".

Depois passei a desconsiderá-la: "Não. Já perdi gente demais, um filho pequeno , minha mãe, meu pai, minha amiga querida. Perdas que fazem parte da vida quando se é jovem."

Mas Dona Morte instalou-se. Minha casa grande, branca e bela tornou-se sua morada predileta.

Em um sábado de céu azul e o sol brilhando, um dia tipicamente carioca, a família se reuniu para almoçar. Na mesa, sorriso e comida farta, muito papo jogado fora.

Benoni, meu filho, tinha agora um novo hobby: voar de ultraleve, um avião monomotor.

Todos já tinham voado com ele: meus netos, sua esposa, meu marido e as centenas de amigos que ele, com seu jeito de menino grande e coração doce, conquistava.

Nesse sábado, ele me convidou animado: "Vamos, mãe, vamos voar, é lindo. A gente se sente um pássaro". Emocionava a forma como ele descrevia o vôo, uma aventura única, um prazer indescritível. Ver o Rio assim, de cima, sua cidade que ele tanto amava.

Vou enjoar, respondi, acabei de almoçar. Vou amanhã, eu prometo.

Meu genro, um jovem homem amável e tranquilo, nada dado a aventuras perigosas disse: "Eu vou. Vou fotografar todo o Rio, o Cristo. O dia está claro como cristal".

Meu genro era um grande fotógrafo, tinha uma visão artística peculiar de luz e sombra.

Assim os dois saíram rindo felizes. O Sérgio, meu genro, com sua máquina super Nikon pendendo do pescoço. Alto, magro e sorridente como seu cunhado. Eram muito diferentes, mas tinham em comum a camaradagem.

Nesse dia claro e cheio de sol, Dona Morte resolveu dar um golpe fatal.

Enquanto o dia ia findando e o sol tornava o céu rosa em tons de púrpura e lilás, meu filho foi aterrizar seu avião, pequeno, leve como um brinquedo mortal.

O vento, sim, o vento que ele tanto amava virou o avião. Caíram na lagoa e morreram os dois na mesma hora.

Tantos planos, tantos sonhos, tanta juventude assim cortada, desperdiçada.

Morto meu filho, os bombeiros o tiraram da lagoa, o coloquei no meu colo. Pareceu dormir. Tão lindo.

Um garrote me apertou a alma. Uma dor assim não se limita, não se escreve, não se consegue sabotar.

Perplexa, vi que era verdade... Meu filho amado, meu filho morto, em meus braços eu embalei.

A dor é muito particular, íntima e, para mim, incurável. Não vou superar, já estou velha, cansada. Vou apenas suportar enquanto der, lutando para preservar a minha fé, manter o meu coração em Cristo, desejando que Deus permita que meu tempo aqui na Terra não seja tão longo.

Como não pude te dizer, meu Deus: Ainda não, ainda não. E rogar: Por favor, não o deixe ir agora. Não me lance nessa noite tenebrosa.


Yvelise de Oliveira 15/02/2010

terça-feira, 23 de março de 2010

A favor da PEC 308/04

O inspetor Delcio Caseca, do Sindicato dos Inspetores de Segurança Penitenciária do Estado do Rio de Janeiro e membro da Comissão em prol da PEC 308/04, visitou o escritório no Centro do Rio de Janeiro para buscar o apoio do Deputado Federal Arolde de Oliveira à emenda. Arolde disse que apóia a PEC que defende a equiparação entre inspetores de segurança penitenciários e os policiais penais. Segundo o deputado, ela dará, sem ônus algum, novas atribuições aos inspetores, entre as quais, dispor de poder de polícia.

AD Últimos Dias recebe Arolde de Oliveira

O Deputado Arolde de Oliveira visitou ontem a Igreja Assembléia de Deus dos Últimos Dias, em São João de Meriti, Baixada Fluminense, que promove cultos às segundas-feiras, dirigidos pelo Pr. Marcos Pereira.
Marcos Pereira que foi empresário tem aparecido na mídia como mediador de conflitos em cerca de dez rebeliões em presídios, entre as quais a da Casa de Custódia em Benfica, Rio de Janeiro, em maio de 2004.
Arolde de Oliveira foi convidado a dar um testemunho, no qual ressaltou o poder de Deus na sua cura de um câncer e no conforto diante da morte de seu filho, Benoni, e genro, Sergio.

segunda-feira, 22 de março de 2010

"Desemprego na família", tema do debate 93 FM

Bispo Manoel Ferreira, Pra. Marisângela, Pr. Sergio Nonato e Deputado Arolde de Oliveira


O Deputado Federal Arolde de Oliveira integrou hoje a mesa dos debatedores da rádio 93 FM, ao lado dos pastores Marisângela Rocha e Sergio Nonato e do Bispo Manoel Ferreira. O tema do debate foi “o Desemprego do Marido.” Os ouvintes participaram com e-mails e telefonemas.

23º aniversário da Igreja Metodista de Jd. Damasco


O Deputado Arolde de Oliveira esteve presente no 23º Aniversário da Igreja Metodista do Jardim Damasco, Campo Grande, zona Oeste do Rio. O pregador foi o Bispo João Carlos Lopes do Paraná, presidente do Colégio Episcopal da Igreja Metodista do Brasil. O Reverendo Paulo Cesar Braga é o pastor da igreja. (Redação)

Culto solene de posse do Pr. Edimar na PIB da Penha



No último sábado, dia 20, tomou posse na Primeira Igreja Batista na Penha o Pr. Edimar Guimarães Pereira. O Deputado Arolde de Oliveira esteve presente no culto solene que teve como pregador o Pr. Carlos Elias de Souza Santos, da PIB de Campo Grande. Agradecido pela presença do Deputado Arolde o Pr. Edimar destacou que se conhecem há mais de 20 anos, desde o tempo de JUBERJ (Juventude Batista do Estado do Rio de Janeiro). Com 22 anos de atividade ministerial o Pr. Edimar pastoreou as seguintes igrejas: PIB de Valença, RJ; SIB em Barra Mansa, RJ; PIB em Guapimirim, RJ. Também serviu a denominação com quatro mandatos como secretário e vice-presidente da diretoria da Ordem dos Pastores Batistas do Brasil, Seção Estado do Rio.
(Redação)

quinta-feira, 18 de março de 2010

150 mil em defesa do Rio

Adversários políticos desfilaram juntos na passeata "Contra a covardia e em defesa do Rio" que reuniu cerca de 150 mil pessoas no Centro do Rio. Artistas também se fizeram presentes. A notícia foi repercutida pelo Presidente da República em exercício José Alencar, que estava no Rio ontem: "os Estados produtores, como o Rio de Janeiro e o Espírito Santo, têm direitos adquiridos."O Deputado Federal Arolde de Oliveira que votou contra a Emenda Ibsen declarou: "A decisão da Câmara dos Deputados de aprovar a nova distribuição de royalties e participações especiais foi um golpe de morte para o desenvolvimento Estado do Rio de Janeiro. O debate foi emocional, eleitoreiro, sem o mínimo de racionalidade e, o resultado, injusto". Os pré-candidatos José Serra e Dilma Roussef também defendem os estados produtores. (Redação)

terça-feira, 16 de março de 2010

Arolde convoca: todos à Candelária amanhã

O Deputado Arolde de Oliveira está convocando junto com a 93 FM todos os que amam o Rio a estarem presentes ao ato que se concentra na Candelária, centro do Rio, amanhã, 17, às 16 horas: "Contra a covardia, em defesa do Rio". "Todos devem participem do ato público para protestar contra a emenda Ibsen aprovada pela Câmara dos Deputados, sem o meu voto", afirmou. Arolde ressaltou que a capital fluminense deve perder cerca de R$ 150 milhões por ano com a redução da receita da exploração do petróleo.

segunda-feira, 15 de março de 2010

Nova distribuição de royalties e participações

A decisão da Câmara dos Deputados de aprovar a nova distribuição de royalties e participações
especiais foi um golpe de morte para o desenvolvimento Estado do Rio de Janeiro.

O debate foi emocional, eleitoreiro e sem o mínimo de racionalidade que pudesse fazer justiça à
distribuição os projetos do pré-sal. Esses projetos são todos para o futuro, o que seria normal
que o futuro contemplasse também os demais estados e outros municípios.

O que não é justo nem constitucional é que a situação atual dos estados produtores seja modificada
em pleno exercício orçamentário plurianual. Penso que há riscos de graves reduções de emprego.

E mais: há risco de não realizarmos a Copa e as Olimpíadas, sem falar no corte drástico nos inves-
timentos previstos para o Estado_ estradas, energia, saneamento básico, saúde educação etc.

Resta a esperança de que o Presidente da República vete essa agressão à Federação. A meu ver,
devemos simultaneamente acionar o STF, arguindo a inconsticionalidade da Lei.

O povo do Estado do Rio de Janeiro precisa ser conscientizado acerca do enorme impacto negativo
que significa essa decisão.

Vamos nos mobilizar numa reação democrática e legítima para repor o assunto em termos justos.

Arolde de Oliveira
Deputado Federal

quinta-feira, 11 de março de 2010

Rio perde royalties do pré-sal


A emenda aprovada ontem à noite na Câmara para a distribuição dos royalties do petróleo do pré-sal com base nos fundos de Participação dos Estados e Municípios, diminui os recursos hoje assegurados aos estados produtores. O fato gerou protestos principalmente de deputados do Rio de Janeiro. “Foi injusto”, opinou o Deputado Federal Arolde de Oliveira pelo Rio de Janeiro.
_A aprovação da emenda foi muito injusta porque não comprometeu apenas o futuro do Estado do Rio de Janeiro, mas nossos recursos a partir do dia de hoje, acrescentou Arolde.
Ele contou que a bancada do Rio com apenas 46 deputados (apesar do apoio de Sergipe) “foi atropelada pelos representantes dos estados não-produtores”.
_ Esperamos que o Presidente Lula adote uma posição justa e vete este dispositivo da Lei (5938/09), afirmou.
“Temos que lutar agora para que os produtos petrolíferos passem a ser taxados na origem e, não, como agora, quando são taxados nos estados consumidores”, concluiu.

quarta-feira, 10 de março de 2010

Bispo Onaldo Pereira será sepultado hoje à tarde

Faleceu o Superintendente da Primeira Região da Igreja Metodista Wesleyana, Bispo Onaldo Rodrigues Pereira, amigo do Deputado Arolde de Oliveira. Ele será sepultado hoje, às 16h, no Jardim da Saudade, em Edson Passos, Baixada Fluminense. O Bispo Onaldo Pereira deixa viúva a irmã Elenir Pereira. O seu ministério ficava no Centro de Petrópolis, região serrana do Rio.

terça-feira, 9 de março de 2010

Culto da 93 reúne mais de 2 mil na AD Penha

Yvelise de Oliveira, Pr Silas Malafaia, Deputado Arolde e Pr. Dilton Angelo

O culto da 93 FM de março foi diferente: 17 cantores, três igrejas, dois conjuntos e um coral, além instrumentistas da MK Music apresentaram músicas que foram cantadas com os presentes. Na oportunidade, o Pr. Silas Malafaia, que acabou de assumir a Igreja Assembléia de Deus da Penha, zona norte do Rio, pregou sobre o Deus das consolações. O Deputado Arolde de Oliveira e sua esposa Yvelise de Oliveira estavam presentes com netos, nora e amigos, além de funcionários da rádio e da empresa. Eles também agradeceram a Deus pela vida de seu filho, Benoni Oliveira, e seu genro Sergio Menezes, falecidos no mês passado. O templo, galerias, e dois auditórios com telões, ficaram completamente lotados. Estimou-se um público de mais de 2 mil pessoas. (Redação)

segunda-feira, 8 de março de 2010

Flordelis recebe Arolde e Yvelise

Arolde, Yvelise e Flordelis
O jogador Itamar, do Náutico, também esteve presente

O coral de crianças do ministério
O Deputado Arolde de Oliveira e sua esposa Yvelise de Oliveira participaram ontem do culto do Ministério Flordelis, no Colubandê, em São Gonçalo, Região Metropolitana. O pastor Anderson do Carmo é casado com a missionária Flordelis. O jogador Itamar, do Náutico, também estava presente. Na oportunidade, Yvelise de Oliveira anunciou que Flordelis é a mais nova contratada da MK Music.

Arolde visita AD Madureira

O Deputado Arolde de Oliveira visitou ontem a Assembléia de Deus Ministério de Madureira. Durante o culto, Arolde fez uma saudação aos irmãos. O Pr. Abner Ferreira e os demais pastores presentes oraram pela família de Arolde de Oliveira.

Dia Internacional da Mulher

O Deputado Federal Arolde de Oliveira divulgou a seguinte mensagem pelo Dia Internacional da Mulher: "Hoje é o Dia Internacional da Mulher. Você homenageará alguém? Ou será a pessoa homenageada? De uma maneira ou de outra, comemore. Todo mundo tem uma mulher especial em sua vida. Cumprimente-a e transmita meus parabéns. Deputado Arolde de Oliveira "

quarta-feira, 3 de março de 2010

Deputado Arolde de Oliveira defende a aprovação do Orçamento Impositivo

A proposta que impede o governo de mexer nos Orçamentos aprovados pelo Congresso Nacional, e, consequentemente, conserva os repasses aos estados, está em análise na Câmara e é uma das bandeiras do Democratas. (Redação)

Deputado Arolde de Oliveira, espera que o Ficha Limpa seja aprovado

O Democratas não vê a hora que o projeto Ficha Limpa seja aprovado, para impedir pessoas com processos na Justiça de se candidatarem a qualquer tipo de eleição. Desta vez, quem pediu pressa e defendeu a proposta foi o deputado Arolde de Oliveira, que considera a iniciativa um passo para diminuir a corrupção no país. (Redação)

segunda-feira, 1 de março de 2010

Posse na PIB de São João de Meriti

Pr. Claudio José assina a posse na PIB de São João de Meriti
Mais de 50 pastores abençoaram Pr. Claudio, Marly, Matheus e Thalita

O coral da igreja participou do culto
O Pr. Cláudio José Farias de Souza tomou posse na Primeira Igreja Batista de São João de Meriti, Baixada Fluminense, ontem, quando a PIBJM completava 85 anos de fundação. O Deputado Arolde de Oliveira participou do culto de posse e cumprimentou o novo pastor e sua família. O Pr. Cláudio José é casado com Marly e tem dois filhos, Matheus e Thalita Suely.